segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Papinha (parte II)

A segunda papinha já foi mais bem aceita e a terceira, hoje, foi mais da metade. Fico olhando para ela e abrindo minha boca, sorrindo, falando agudo e fazendo “hummmm” mil vezes. Depois me dou conta do ridículo, mas nem assim paro.

Se eu fosse completamente sincera, olharia bem séria para ela e diria:

- Vale a pena encarar essa papa agora, minha filha, para depois não ter problemas com pato assado, risoto de funghi, terrine de bacalhau, salmon skin, foie gras, rocambole de laranja, toucinho do céu, pudim de claras...

Mentira também. Mais honesto seria:

- Vale a pena encarar essa papa agora, minha filha, para depois ter problemas com pato assado, risoto de funghi, terrine de bacalhau, salmon skin, foie gras, rocambole de laranja, toucinho do céu, pudim de claras...

Mas as mães não são sinceras. As mães são felizes.

3 comentários:

Ana Pavão disse...

Bibi eu acho que sofremos mais do que eles.. rs... eu que quando grávida tinha mil planos, acabei não pondo vários em prática por ter ficado molenga rs... o brinquinho foi uma delas, está até hoje na gaveta e eu postergando cada vez mais rs...

Essa fase das papas é assim mesmo, penso quando chegar a vez da Nicole, porque me lembro BEM como foi com o Rafa, eu ficava na maior angustia achando que ele TINHA que comer rs... agora ao menos já estou bem mais tranquila quanto a isso...

Bjs!

Olga disse...

Pra mim, a alimentação é a única fonte de preocupação "de verdade" com a minha filha!

Eu podia prever tudo, mas não que alimentá-la fosse ser tão complicado...a pequena simplesmente "não gosta" de comer!

Mas pelo menos você ainda não perdeu pra Nestlé!!!

Explico, te "prevenindo": chega uma hora (cedo ou tarde), que TODAS as mães acabam perdendo pra Nestlé.

Cedo: NAN e suas variantes (1 e 2, nestogeno 1 e 2...), Mucilon (vários sabores que vão deixar seu filho com uma "saúde de ferro"!...), papinhas prontas (eu ainda não posso crer que eles gostem daquilo), e muitos outros......

Tarde: Iogurtes, achocolatados, cereais, chocolates(!!), mil outros...

E a gente até tenta lutar contra, mas como tudo na vida, não se pode ganhar sempre...

Beijos!! Estou sempre por aqui!

bibi disse...

Ana,
COM certeza a gente sofre mais do que eles!
;o)
Mas você, sendo mãe de segunda viagem, acredito que já está em outra categoria... Quando eu estou indo, você já está voltando.
--
Olga,
essa da Nestlé foi pra matar!
Já estou me vendo olhando os rótulos e ficando de cabelo em pé... Dai-me forças, senhor!

Beijos!