segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Bah! Turismo no Rio

Outro dia, conversávamos no café da manhã, e eu dizia:

- Bah, filha, você viu que... (blá blá blá)?

E ela me respondia:

- Bah, mamãe! Bah... (blá, blá, blá).

Eu digo "bah" com uma frequência que os onze anos morando no Rio não abalaram, mas minha filha, que é carioca e só tem dois aninhos, não costuma usar a expressão gaúcha. Mas naquele dia ela achou divertido e saiu usando "bah" como se tivesse nascido nos pampas. Batemos um longo papo em gauchês, até que ela, muito compenetrada, subitamente questionou:

- O que é "bah", mamãe?

Dei muita risada, e para explicar foi difícil. Gaúchos nascem com o "bah" na garganta, e eu diria mais: nos olhos. Tudo que nos surpreende é bah; tudo que nos comove, assusta, constrange, desconcerta, bah, baaaaah! De alegria e de tristeza, bah. De sorte e azar, mas bah! De encontros breves e uniões eternas, barbaridade, sobre guerra e paz, pesadelos profundos e piadas rasteiras, bah, bah...

Se já é difícil definir o bah que dizemos, mais ainda é o bah que vemos.

- Filha, sabia que a mamãe nasceu em um lugar bem longe daqui?

- É? E você não demorou muito, mamãe?

Bah! Achei que ainda não era o momento de explicar a ela as tradições gaúchas. Chegará o dia.



Pão de Açúcar - Visto do Parque do Flamengo

**

Depois de vários dias de chuva, tivemos um fim de semana espetacular no Rio. E, depois de muitos anos, voltei a alguns pontos turísticos que me lembraram da primeira vez em que estive aqui, em 1987 (!).








(Vista do Pão de Açúcar)

Eu era uma turista-mirim absolutamente encantada, que jamais imaginava morar aqui um dia.

E muito menos ter uma carioquinha para chamar de minha. BAH!







Jardim Botânico

6 comentários:

Carol disse...

ai que delícia! que saudade do Rio!
Aqui em Buenos Aires tb fala "bah" e de vez em quando eu solto uns tb!

beijos!
Carol
http://carolesuasbabybobeiras.blogspot.com/

Maura disse...

MasssssssBaaah! Que delícia de post! Fiquei emocionada com sua forma de falar desse nosso dialeto próprio!
O Coisas tá de cara nova... Passa lá pra conferir!
Um Bjinho da conterrânea,
Maura

Anônimo disse...

Bah que emoçao q me deu vendoa essas fotos!

Angélica disse...

Fui passar minha lua de mel na Serra Gaúcha e gostei muito do dialeto que se fala lá. Depois de uma semana naquelas terras super charmosas, a gente até já acha normal, e sente falta dos "bah", "piás" e afins, rsss.
Beijos.

Aprendendo a ser Pais disse...

Mas bah tchê! Que blog mais gostoso de ler! Adorei! Vou te linkar no meu!! Beijoss!!

Thaís Rosa disse...

ai que ótimo esse post!! criança é demais, né! eu nunca tinha me perguntado sobre esse bah dos gaúchos, mas agora fiquei intrigada... conta pra gente também sobre essas tradições!
(essas fotos do rio foram de matar de vontade.)
beijo