quinta-feira, 24 de julho de 2008

O papai e a sua menina

O papai e a sua menina. Costuma funcionar assim.

Os pés estalam no chão, na saída do elevador, a chave procura o buraco da fechadura; de repente, o sol chegou. Não era fim de tarde ainda agorinha? E vai acontecer alguma coisa muito boa, ou a comida ganhou outro gosto, ou a sobremesa invadiu a colher e ela ganhou um beijo na testa. Ou tudo isso. Ele a rodopia, faz dar cambalhotas no ar, e seus braços são um balanço, mas também um seguro corrimão na hora do susto. Que ela gosta, e pede bis. Agora, a voz dele é anúncio de alguma festança que não tem nenhum motivo. E muito menos prazo para acabar - o que é melhor ainda.

Do nada, o papai e a sua menina. De lugar nenhum, um botão de camisa virou novidade, e tem outro, e mais outro. O que é isso? É seu nariz de campainha. Cadê a menina? Se escondeu atrás do risinho abafado de propósito para ele encontrar. Achou! Ela também quer que ele sinta alegria. Ela também quer ter os seus botões. E como tem.

O papai e a sua menina, plim!, ele fez uma mágica. Agora ela virou uma menina de circo - e ele virou trapézio, leão, palhaço, picadeiro e algodão-doce. Desde que ela nasceu, funciona assim: o papai e a sua menina. Sempre, sempre, todos os dias.

Às vezes, ele tem ido se deitar tão tarde que parece que nem vai dar tempo. Mas já acorda equilibrando bolinhas coloridas.

6 comentários:

Eliana disse...

Que bonito!

Olívia disse...

Que texto bonito Bíbi!!!!
Meu tio sempre foi um super tio... Me lembro até hj de abrir a porta lá de casa e meu tio aparecendo lá... com o meu lindo piano que o guardo na memória eternamente... da emoção que eu tive!
Como pai então! Ele com certeza já é o ídolo da Larinha!!! Hehehe beijinhos para essa família que eu tanto amo!

bia disse...

MARAVILHOSO!!!
beijos,

Liagreice de Medeiros disse...

Lindoooo..
adorei a poesia...
e olha que lá em casa é assim tbem...
Mtos bjoss

Anônimo disse...

Querida, fiquei sem palavras e com os olhinhos cheios d'água. Quanta ternura...
Beijos,
sua vizinha Marcia

bibi disse...

Gente,
obrigada!! Adorei que o texto tenha sido tão comentado, sinal que passei um pouquinho da emoção pelas palavras.
Beijos mil